Mensagem de agradecimento: Padre Josino Raimundo

Missa de despedida, 18/04/2017- 
Ás 19h - Santuário de Sant'Ana

Mensagem de Agradecimento

Padre Josino, existem coisas que acontecem independentes da nossa vontade... mas quando temos uma missão a ser realizada nesse mundo, devemos aceitá-la, pois fazem parte dos desígnios de Deus para a nossa existência.
“Tudo tem o seu tempo. Há um momento oportuno para cada coisa debaixo do céu.” nos diz o Livro do Eclesiastes. A vida é uma escola, já diziam nossos antepassados, e uma escola técnica, pode-se dizer. Nesta escola, não se aprende efetivamente nada se não for pela experiência.
Não há teoria que possa dar a ninguém o “certificado” de sabedoria, de experiência de vida. Só se aprende a viver vivendo! 
A despedida hoje é sim, e muito emocionante. É hora de olharmos para trás e refletirmos tudo o que passamos juntos. Momentos agradáveis, momentos difíceis também. E como seria louvável que nos bastidores de uma paróquia, composto dos mais variados tipos de pessoas, tudo corresse da forma mais calma e tranquila possível. Tudo isso porque “A Igreja é Santa e Pecadora!” Santa pois tem sua origem em Nosso Senhor Jesus Cristo, Pecadora pois nela nos encontramos, humanos pecadores que tentam e se esforçam ao máximo para trilhar os caminhos mostrados e ensinados pelo Santo Evangelho, buscando assim nos assemelharmos cada vez e sempre mais ao nosso Criador e Mestre. Por esse motivo Padre Josino, aqui nesse momento, pedimos perdão em nome de toda a nossa Paróquia e de todas as comunidades pertencentes a ela por todos os momentos que o deixamos em situação desagradável e infeliz que lhe causaram aborrecimento e chateações... 
Porém, em maior quantidade e intensidade foram os momentos especiais e belos de verdadeira experiência de vivência da Palavra Divina , comunhão e união fraterna que vivenciamos juntos: quantas conquistas, quantas vitórias, quantas construções, quantas reformas, quantos novenários, quantas festividades, quantos jantares de confraternização, quantos natais, quantas quaresmas, semanas santas, quantas Páscoas de Nosso Senhor celebramos juntos aqui em nossa Paróquia... quantos irmãos nossos, que muitos nos ajudaram em nossa comunidade paroquial que já não estão mais entre nós, aqui nesta vida, mas que já contemplam a face de nosso Deus. Por todos esses momentos que o senhor nos brindou com a sua presença e, também, por todos esses momentos de sua vida que nos deixastes participar deles, agradecemos em nome de toda a nossa Paróquia, que tanto o admira. No livro do Eclesiástico. 6. 14- 16, diz que: “Amigo fiel é proteção poderosa, e quem o encontrar, terá encontrado um tesouro. Amigo fiel não tem preço, e o seu valor é incalculável! Amigo fiel é remédio que cura, e os que temem ao Senhor o encontrarão”.
Padre Josino, “quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro”. E nossa comunidade recebeu durante esses 11 anos de sua presença no nosso meio, um valioso tesouro: o senhor e sua amizade. Podemos afirmar, com toda a certeza, se hoje nos configuramos essa grande família comunitária, devemos muito disso ao seu pastoreio, mas sobretudo ao seu amor dedicado a todos nós e à nossa Paróquia.
Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha. Porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra. Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, e não nos deixa só porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso.”
Deus coloca pessoas em nossas vidas, que agem como anjos, mostrando o caminho que devemos percorrer. Saiba que para muitos desta paróquia que passaram por momentos difíceis, a sua presença foi como um anjo que trouxe paz, luz, conforto e esperança, para corações e espíritos feridos, abatidos, fracos e sem esperança. Seus ensinamentos expressos em suas homilias nos ensinaram que viver com fidelidade o Evangelho aproxima as pessoas e nos faz sentirmos iguais e irmãos. Esta foi a sua mais importante realização: promover o crescimento espiritual dos seus paroquianos, fortalecer-lhes a fé, dar-lhes um sentido de comunidade cristã e aproximá-los de Deus, pois essa constitui a maior missão que um sacerdote pode concretizar. Tenha a plena e total certeza da missão cumprida!
“Eis que é chegada a hora e a hora é agora...” Esses são os últimos momentos do senhor como nosso pároco. Apesar da separação física, estaremos sempre ligados espiritualmente pela fé, em torno do mesmo altar. As pessoas que passam e se tornam importantes em nossas vidas sempre deixam suas marcas em nossos corações para sempre... Aprendemos muito com o senhor e estes ensinamentos nos ajudarão na nossa caminhada de hoje em diante. Temos a plena certeza, que o senhor estará sempre presente na história de nossa paróquia, não só por meio de registros e documentos, mas, sobretudo na memória e nos mais nobres sentimentos no coração de cada paroquiano.
Deus o abençoe na nova missão! Muitas felicidades, muitas vitórias, muita fé e tudo de melhor nessa nova etapa de sua vida pessoal e pastoral. 
Da Pastoral da comunicação e todas as pastorais, movimentos, enfim, de toda a Paróquia Santuário de Senhora Sant’Ana. Seja muito feliz!
E mais uma vez, o nosso muito, muito, muito obrigado!
Não diremos adeus, mas até breve.
Ou seria melhor: “Até uma próxima oportunidade... se Deus quiser!”

Postagens mais visitadas